Acervo aberto: fotografia na parede

É uma prática nossa aqui na Bendita renovar periodicamente nosso site. Nesta reforma que lançamos hoje para iniciar 2017, buscamos simplificar. Menos é mais, cada vez mais. A principal novidade desta vez é abrir na nossa casa virtual espaço para mostrar nosso acervo de fotografias que podem – e gostariam muito, inclusive! – de ir morar na sua casa, escritório, enfim, naquela sua parede que está vazia e pede por um pouco mais de vida. Inauguramos neste ano, portanto, nosso viés como galeria online, com foco em ensaios autorais, documentais, estéticos, atemporais. Começamos, primeiro, apresentando quatro séries de Élcio Paraíso que já circularam em exposições e concursos de fotografia autoral. Abrir esse vasto acervo de tantos anos dedicados à fotografia e às pesquisas visuais vai ser um processo longo, que vai ganhar novos capítulos periodicamente, portanto sempre teremos novidades expostas por aqui. A ideia é que em breve possamos também representar e divulgar alguns novos artistas da fotografia que vão somar os respectivos acervos aos nossos. Acreditamos que dividir espaço multiplica o espaço para todos.

Buscamos, com esse novo caminho, fazer coro a um movimento que não é novo, mas tem ganhado cada vez mais força: uma fotografia mais acessível como arte e bem de consumo, de coleção ou meramente para decoração. Nossa proposta é vender obras impressas, emolduradas ou não, em acabamentos e tamanhos diferentes, que caibam no espaço e no bolso dos interessados. Ao gosto do freguês, como diz o ditado. Para isso, trabalharemos com as linhas de papeis fine art e também com papel fotográfico premium, executadas pelos melhores printers da região.

Para conhecer as primeiras quatro coleções disponibilizadas, acesse nossa galeria virtual.

Sejam bem-vindos!